Quem??? Kukl

Kukl foi formada em 1983, quando Ásmundur Jónsson, dono da gravadora Gramm Records, decide criar um supergrupo com integrantes de bandas islandesas diversas: Björk, vocalista da Tappi Tíkarrass; Einar Örn, trompetista e vocalista da Purrkur Pillnikk; Einar Arnaldur Melax, tecladista do grupo Medúsa; Birgir Mogensen, baixista da Spilafífl; e mais Sigtryggur Baldursson e Guðlaugur Kristinn Óttarsson, baterista e guitarrista, respectivamente, da banda Þeyr. Ainda nessse ano, lançam o single “Söngull”, pela própria Gramm Records.

Em 1984 lançam, pelo selo Crass, o álbum “The Eye”, gravado em Londres. As canções mostram claras influências do pós-punk inglês (batidas tribais e baixo marcante), com elementos de música industrial e certa atração pela anarquia sonora, além dos duetos vocais de Bjork com Einar em quase todas as canções, algo que se repetiria no Sugarcubes. Um dos destaques do disco é a versão em inglês de “Söngull”, “Dismembered”. Nesse mesmo ano, os islandeses tocam em diversos países da Europa.

“Holidays in Europe (The Naughty Nought)” é lançado em 1985, também pelo selo anarquista Crass. Embora não haja grandes mudanças na sonoridade, esse é um álbum mais experimental, com a adição de novos elementos sonoros, mas ainda mantendo o clima ora anárquico ora estranho de seu début. Algumas canções possuem certa teatralidade (já presente em The Eye), como o dueto sexual de “Latent”, em que a banda tece uma trama instrumental para as interpretações alucinadas de seus vocalistas Einar/Bjork. Para esse álbum, foram produzidos videoclips para as faixas “Outward Flight (Psalm 323)” e “France (A Mutual Thrill)”.

Acho que “Copy thy Neighbour” é uma canção que entraria fácil no primeiro álbum dos Sugarcubes, já dá pra perceber o estilo de cantar que Bjork viria a adotar com a sua futura banda. Na verdade, a principal diferença entre a KUKL e o Sugarcubes seja a inserção de elementos mais pop na segunda, que somado a estranheza típica desses islandeses acabou por conquistar o mundo.

As coisas começam a se deteriorar quando Bjork se junta a Guðlaugur Óttarsson e formam a banda The Elgar Sisters, que tinha participação dos membros do KUKL, exceto Einar Örn. É nesse ano que a KUKL chega ao fim e surge a Sykurmolarnir, ou Sugarcubes.

+ Discografia: Söngull (single), The Eye, KUKL à Paris (live) e Holidays in Europe (The Naughty Nought).
+ Mais informações em: www.alwaysontherun.net || www.hanshan.org || http://en.wikipedia.org

*Para quem ficou curioso em conhecer o som da banda, nos comentários tem o link para os álbuns

Um pensamento sobre “Quem??? Kukl

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s