Ou Não: The Pains Of Being Pure At Heart

thepainofbeingpureatheart1

+ Ainda ouviremos falar bastante desse quarteto novaiorquino, ou não?

É formada por Alex (baixo), Kip (guitarra e vocais), Kurt (bateria) e Peggy (vocal e teclados). O álbum de estréia homônimo sai em fevereiro, mas já está disponível para download em diversos blogs, é composto de doze canções pop cheias de melodia e distorção, com vocais masculino/feminino, que remetem ao finalzinho dos anos 80: ao som dos Primitives, My Bloody Valentine e The Pastels. Na verdade não há nada de novo nono som do The Pains Of Being Pure At Heart, mas transmite um frescor pop bem agradável.

Antes do álbum cheio haviam lançado alguns singles e um EP. O grupo tem recebido elogios de diversas publicações e o New York Times chegou a comparar os vocais de Kip aos de Morrissey em termos de “energia”. Recentemente excursionaram com Wedding Present à convite de David Gedge.

+ Site Oficial
+ Baixe o álbum
+ Entrevista com a banda
+ MySpace

2 pensamentos sobre “Ou Não: The Pains Of Being Pure At Heart

  1. Pingback: MELHORES ÁLBUNS DE 2009 « love no more

  2. Realmente, ouvindo o som desse quarteto não se encontra muita novidade em seu som mas me fez remeter a uma época esquecida a muito tempo, mas muito interessante o que eles resgatam, com tantas bandas fazendo um som tão chato nos dias atuais, vale a pena ouvir novas bandas com um som antigo com nova roupagem…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s