SAIU DO FORNO: Animal Collective – Merriweather Post Pavilion (2009)

A primeira impressão ao ouvir “Merriweather Post Pavilion”, nono disco do Animal Collective, é que eles fazem música do outro mundo. Não é lá um álbum pra qualquer um ou para qualquer momento. As canções parecem ter sido reprocessadas diversas vezes antes de chegarem ao resultado final. Esqueça a formação clássica de baixo, bateria e guitarra, o que há aqui é uma profusão de samples e sintetizadores que se unem para criar canções absurdamente estranhas mas com raízes pop, ou seja, estão mais pra eletrônica do que para o rock propriamente dito. Mas isso o Flaming Lips já havia feito em “Yoshimi”, só que o “coletivo animal” amplifica as viagens sonoras e adicionam melodias a la Beach Boys no caldeirão. Há toda uma atmosfera retorcida, indefinida, uma massa instrumental disforme como num sonho, vozes que se sobrepõem, elementos psicodélicos que atordoam os sentidos, e quando o álbum termina e você percebe que a viagem apesar de estranhamente agradável não deixou um refrão que pudesse ser lembrado e repetido, resta então começar tudo de novo. A “loucura” começa com a capa que parece se movimentar. Viagem total!

2 pensamentos sobre “SAIU DO FORNO: Animal Collective – Merriweather Post Pavilion (2009)

  1. Pingback: MELHORES ÁLBUNS DE 2009 « love no more

  2. Sei o quanto vc detesta que eu diga isso, mas esse é um dos discos do ano, desde já. Pq? Simplesmente pq ouço AC e não consigo associar nada de concreto ou 100% parecido. Como vc mesmo disse, um pouco de Beach Boys (isso já era bem perceptível quando o Panda Bear lançou seu disco), um pouco da maravilhosa cena NY dessa década, world music, música folclórica, o eletrônico cerebrado…fica até difícil situar uma sonoridade precisa e única. E isso é tão louvável hoje em dia.

    Mais louvável ainda é vc ouvir um disco pela décima vez e nem todas as músicas ficarem grudadas em seu cérebro, o que prova a capacidade da banda em montar quebra-cabeças sonoros intrincados e que sempre nos pedem para encaixar mais um detalhe, mais um som que havia passado oculto aos nossos ouvidos.

    E, por incrível que pareça, apesar dessa sonoridade difícil e indigesta para alguns (dificilmente recomendo eles para qualquer pessoa), acho que há candidatas a hits em potencial, a exemplo de ‘My Girls’, ‘Summertime Clothes’ e a surpreendente ‘Lion In A Coma’.

    A minha nota é no mínimo 9,0, porém, estou pensando se dou um 10. E penso em fazer a resenha, mas acho penoso descrever uma banda como o AC, fato normal para quem costuma fazer obras de artes que geram inúmeras visões.

    Bom seu texto (e tb eles forma meu post de ontem).
    Abraços.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s