POP ONÍRICO: Fleeting Joys – Occult Radiance (2009)

Para quem gostou de “Despondent Transponder”, primeiro álbum da dupla/casal John e Rorika Loring, eis o seu mais novo álbum e mais um ataque do melhor dream-pop com influências dos sempre imitados My Bloody Valentine, embora já tentando descolar um pouco do modelo e às vezes lembrando também Cranes nos vocais infantis/morosos, mas mantendo a enxurrada de guitarras distorcidas.

“Cloudlike Mercury” e “The Good Kind of Tomorrow” são desde já as preferidas da casa em 2009: guitarras que parecem desacelerar (efeito conseguido através da alavanca da ponte) e vocais pra lá de etéreos.

Boa pedida na seara dream-pop.

__________________________________

Um pensamento sobre “POP ONÍRICO: Fleeting Joys – Occult Radiance (2009)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s