A cidade onde moro…e o cinema

A cidade onde moro (Feira de Santana) tem um cinema Multiplex (já que o outro não conta, pois só passa pornô), composto de quatro salas, mas na verdade parece ser só uma, pois a preferência são os blockbusters, e filmes mais fora do “eixo” duram no máximo uma semana, quando se tem a sorte de serem exibidos. E, detalhe importante, agora a maioria dos filmes são em versões dubladas. Mas o pior é quando o sorround não funciona e o som vem apenas das caixas da frente, ou seja, baixo e sem muita qualidade.

A cidade onde moro tem uma locadora de DVD, já que a maioria das locadoras ou fecharam ou agora trabalham com DVD’s piratas, e algumas chegam a cobrar na locação do pirata o mesmo valor que ele custa: R$ 2,50 (piada!).

A cidade onde moro tem um comércio chamado Feiraguai onde são comercializados tranquilamente DVD’s de filmes novos e antigos, aliás não é só lá, mas em todo canto da cidade (até nos bares os caras passam vendendo DVD’s de filmes e shows), mas também aí não encontramos os chamados filmes alternativos (seria querer demais!)

Ao menos, na cidade onde eu moro tem internet…embora a sensação de assistir um filme numa sala de cinema seja I-N-C-O-M-P-A-R-Á-V-E-L.

3 pensamentos sobre “A cidade onde moro…e o cinema

  1. ir no cinema hj é raridade, a net te da tudo que precisa, só saio de casa pra beber com os amigos…” vivemos todos fechados isolados, ligados por algo que nao é real…” lembra quando escrevi isso luciano? bons tempos de NF no Mc Rei, com o blog Zine feito no papel, entrevistas regadas a vinho catafesta…

    Curtir

  2. Estou adorando essa série de posts bem interessantes que vc anda fazendo.

    Bem, há muito tempo que não vou ao cinema. Continuo prestigiando muito a sétima arte, mas prefiro pegar um DVD (com qualidade boa), legendado, e ver extras, cenas marcantes, diálogos que não entendi na primeira leitura. Cinema eu teria que ir depois do serviço, e já não aguento olhar pra tela nenhuma. Ainda tem o infortúnio de alguém do seu lado ficar falando.

    Baixo quando não tenho opções. Agora, o mal aqui do estado é um pouco isso: também só chegam os filmes blockbusters ou aqueles ainda do cinema americano. Aqui tem apenas um lugarque costuma passar filmes mais alternativos ou do cinema europeu que é o Metrópolis, uma sala de cinema dentro da Ufes (tinha que ser, não é?).

    Agora, opções de cinemas temos até demais. Só acho que falta mais filmes com qualidade. ‘Milk’, por exemplo, ainda não chegou (filmes de 2008 que veremos em 2009). Por isso que na hora de fazer listas, me confundo todo. Se chegam atrasados no cinema, imagina nas locadoras? Por isso que os piratas sempre fazem sucesso aqui (vale lembrar que os filmes piratas que encontramos nas feiras/camelôs são tirados na internet em rmvb/avi e passados para DVD. Simples assim).

    Bem, qq coisa que seja para manter a sétima arte diante de seus olhos.

    Excelente bronca e ótimo texto para discutirmos.
    Abraços.

    Curtir

  3. Esse assunto tem muito pano pra manga, não sei o que se passa nas cabeças das pessoas daqui, não sei se é falta de inteligencia, discernimento ou até mesmo falta de coragem pra reclamar do que ven sendo imposto pra nós de uma maneira não tanto inteligente.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s