Lançamentos 2009

+ Pequena lista de álbuns interessantes que “saíram” (vazaram) recentemente e já estão disponíveis na rede para baixar. Se ficou interessado, não deixe pra depois porque os links estão desaparecendo rápido, ou então procure na Soulseek Records.

…And You Will Know Us by the Trail of Dead – The Century of Self
+ Os comentários tem sido bastante favoráveis para esse sexto álbum do Trail of Dead, uma banda que gostei e desanimei, vamos ver o que vamos encontrar por aqui.






Odawas – The Blue Depths
+ Grandes expectativas em relação a esse do Odawas, em 2007 eles imprimiram uma das canções mais poderosas, “Aleluia”. No site oficial eles colocaram uma interessante lista, com comentários, de dez álbuns para ouvir como preparação para o álbum.






Papercuts – You Can Have What You Want
+ O multinstrumentista Jason Robert Quever retorna após dois anos desde o bom mas irregular “Can’t Go Back”, e esperamos que esse cumpra as boas promessas das melhores canções de seu antecessor.






Balmorhea – All is Wild, All is Silent
+ Já ouvi falar dessa banda de Austin e provavelmente até tenha algum álbum deles, mas nada me ocorre a respeito. Post-rock bonito e intenso, segundo as informações.






Say Hi – Oohs and Aahs
+ Eric Elbogen retorna com o sexto álbum de sua one-man’s-band, o som, pelo menos do anterior, era um indie-eletrõnico, o que será que ele aprontou dessa vez?






The Prodigy – Invaders Must Die
+ Alguém ainda se lembra do Prodigy? Pois é, eles ainda estão na ativa, agora com a formação que compôs o seu álbum de maior sucesso, “Fat of the Land”.





Um pensamento sobre “Lançamentos 2009

  1. Adorei essa capa do ‘And You Will Know…’ (ô nome grande pra banda)…mas, ainda não ouvi…a bem da verdade, não sei pq o disco anterior (ou um deles ainda dessa década) ganhou nota 10 no Pitchforkmedia.

    O Odawas estou baixando (que coincidência), mas já me passaram informações preciosas desse álbum. O de 2007 é uma delícia de disco. Infelizmente são desconhecidos para muita gente.

    Papercuts não baixei e considero o anterior mediano. Nada para se morrer de amores, como é o caso do Balmorhea. Aliás, o Balmorhea fique atento à terceira música, ‘Harm And Boon’ (tem um certo instante dela que vc toma um susto tremendo…).

    Say Hi me deixa feliz pq mostra que fazer música não precisa de altos recursos tecnológicos assim, e nem de gente dita ‘sábia demais’ por trás da produção. Dentro de casa, com um bom PC, vc faz sim coisas interessantes. Mas, concordo que Eric precisa dar uma repaginada/guinada em seu som.

    O Prodigy fiquei preso aos discos do passado. Engraçado como eles foram esquecidos mesmo, depois de toda aquela polêmica. Convenhamos que os caras fizeram um disco impecável e vieram com uma proposta bacana. E tb gosto do disco de colagens do Liam Howlet (se vc tiver a oportunidade de ouvir).

    Abraços e belo post. Informativo e conciso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s