THE HORRORS – Primary Colours (2009)

Lá se vão dois anos desde que os britânicos do The Horrors apresentaram seu rock de garagem sujo e com toques de psychobilly e punk-rock em “Strange House”. Em Primary Colours a banda já começa surpreendendo com uma falsa introdução com toques eletrônicos em “Mirror’s Image”, para logo se transformar numa canção de sonoridade disforme, com guitarras desafinadas, sampleadas e baixão poderoso a conduzir o ritmo. Com “Three Decades”, a canção seguinte, vem a confirmação de que entre o ‘The Horrors’ de 2007 e esse de 2009 há uma distância bem grande, musicalmente falando. Seriam as mãos de Geoff Barrow (Portishead) direcionando o som do grupo?

Qualquer que seja a resposta o resultado é saudável, leva a música da banda para dar um passeio por diversas vertentes musicais, desde o krautrock, passando pelo pós-punk e shoegaze e reencontrando rapidamente a sonoridade de seu álbum anterior.

“Sea Within A Sea” foi a primeira canção a ser divulgada, sendo liberada para download pela própria banda, e é um exemplo do elemento kraut na sonoridade do grupo, tem quase oito minutos e não soa em nada o que poderíamos chamar de hit em potencial, e se há alguma canção que assim poderíamos descrever seria “Scarlet Fields”, com sua linha de baixo a la Pixies e guitarras dessincronizadas. Destaco “Primary Colours”, a canção, onde somos surpreendidos com uma sonoridade que remete automaticamente aos escoceses do Lowlife só que com guitarras mais barulhentas e “Who Can Say”.

Quem gostou da banda pela sonoridade de seu debut pode até olhar atravessado pra “Primary Colours”, mas no meu caso ocorre o contrário, simpatizando muito mais com esse aqui, que se não é tão coeso quanto o anterior arrisca seguir por caminhos diversos e apesar dos perigos que se corre com atitudes como esta o The Horrors mais acerta do que erra. 7,0

+ Link para o álbum nos comentários (Link on comments)

Sea Within a Sea (vídeo)

9 pensamentos sobre “THE HORRORS – Primary Colours (2009)

  1. Boa noite amigo quebra um galho ae meu camarada.. seria possivel vc postar de novo o link para o primary colours 2009.. abraço..

    Curtir

  2. Bom álbum! A banda de certa forma evoluiu musicalmente. Mas prefiro o anterior – mais energia e sonoridade menos óbvia!

    Curtir

  3. Luciano, acabou que consegui um outro link antes desse seu, e o arquivo já estava legal. Então, muito cedo ainda para ter um julgamento preciso. A princípio, eu ficaria entre um 7 e 7,5, uma nota beirando essa faixa. Gostei do instrumental da banda, do jeito de algumas músicas para hipnotizar o ouvinte, ou mesmo a forma em que alguma melodia acaba mudando. Por exemplo, a primeira música, conforme vc disse, acabou me enganando. E gostei muito dela (‘Mirror’s Image’). Outras preferidas: ‘Who Can Say’, ‘Scarlet Fields’ e ‘Primary Colours’ (que vc destacou tb).

    Agora, é sim um álbum que foge do toque de midas. Nem saberia dizer direito ou explicitamente o porquê, mas é. Não é aquele disco que colocaria num patamar muito alta. Contudo, me interessei pela banda, e por incrível que pareça, não conheço o trabalho anterior deles (logo, fica impossível a comparação entre um e outro). Inclusive, sempre via em blogs/comunidades do orkut e julgava até que a banda fosse mais uma entre tantas surgidas na cena musical, pense numa espécie de sub-Black Kids, por assim dizer. Que passasse bem longe, se assim o fosse.

    Reintero: é um disco que preciso ouvir mais vezes, encontrar mais detalhes. Um bom disco, isso sim.

    Curtir

  4. Humm, não me lembro se foi desse blog que baixei. Um dos links que tinha usado estava pelo megaupload…e nas duas vezes que baixei, veio com problema. Só passa a primeira música (muito bonita por sinal), depois, o meu MP3 player ou mesmo o windows media player diz não reconhecer o formato de arquivo…vá entender a informática!

    Vc baixou por esse?
    Acho que vou arriscar então…

    Abraços e obrigado pela informação.
    Uma boa semana.
    P.S. – Aos poucos eu vou comentando os seus posts. Meio corrido neste dias. Ahh, não tem aquele concurso que vc queria fazer aqui? Os hotéis daqui estão todos lotados e – me parece – que já tem 47.000 inscritos. Brincadeira!!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s