Esse eu tinha em vinil: Manic, Magic, Majestic (The Band of Holy Joy, 1989)

Não me lembro com exatidão se esse álbum também fazia parte do pacote lançado por aqui pelo selo Stiletto na década de 80, mas foi um disco que literalmente caiu em minhas mãos, já que não tinha referência alguma da banda, além de a capa ser bem esquisita. Mas ouvindo a bolacha até que soou interessante, diferente de tudo que estava ouvindo na época, uma sonoridade folclórica com elementos pop e bastante teatralidade nos vocais, assim soava o The Band of Holy Joy. Pouco depois de adquirir o álbum é que encontrei uma resenha na Bizz sobre a banda. Inclusive eu tinha o (péssimo?) hábito de recortar as resenhas da revista e colocar do disco (dentro do plástico que protegia a capa).

Bem mais tarde é que viria a conseguir informações sobre a banda na internet e até baixar outros álbuns do grupo. Mas na época em que adquiri o vinil (que tinha as três primeiras faixas riscadas, mas não pulava, só chiava) era uma banda obscura, impenetrável, aliás como boa parte do vinis que ouvia naquela época (vide The Three Johns, 45 Grave, Plasticland).

A banda foi formada em 94, e “Manic, Magic, Majestic” é o terceiro álbum, o primeiro pela Rough Trade, marcando uma transição, inclusive com a saida de Big John, um dos principais compositores do grupo. Dentro da música da banda do prazer sagrado, além dos instrumentos usuais, há acordeon, violinos, violoncelo, trombone. Escutar hoje canções como “Baubles, Bangles, Emotional Tangles”, “Nightjars”, “Tactless”, “What the Moon Saw”, “Manic, Magic, Majestic” (uma das melhors do álbum junto com Tactless), “Blessed Boy” é voltar para um tempo que a música parecia ter mais magia e mistério (parafraseando Ian McCulloch). Esse é um álbum em que há uma ou duas faixas dispensáveis, mas muito bom no geral.

PS: Na verdade, acho que esse eu ainda tenho em vinil, se não me engano tá na casa de meus pais entre os que não consegui vender.

2 pensamentos sobre “Esse eu tinha em vinil: Manic, Magic, Majestic (The Band of Holy Joy, 1989)

  1. É um disco maravilhoso. Não lembro de nenhum outro album de Folk que me teha trazido tantos sorrisos à boca e tantas lágrimas aos olhos. Um dos que eu levaria para uma ilha isolada. Pena que nem todos tenham a capacidade de apreciá-lo como ele merece.

    Curtir

  2. Ahhhhhh (suspiro profundo deste que vos escreve…), esse eu tinha sim em vinil. A bem da verdade, esse disco, assim como muitos outros da minha adolescência, traçam um paralelo bacana em minha história de vida e na minha aproximação com a arte. Uma época em que saía da escola e parava direto num sebo da capital para ver o que tinha de novo, o que o pessoal tinha para vender para nós, afoitos que só, contemplarmos.

    E lembro que não gostava de sair de mãos abanando…foi quando encontrei esse disco num canto e lembrei na hora – vagamente – que a revista Bizz tinha comentado e tinha (até) falado bem. E o preço estava baratinho. Quando cheguei em casa, disse comigo mesmo: ‘Putz, vou devolver isso, perdi o dinheiro…’ Com o tempo fui encontrando qualidades, fui abrindo minha mente (até mesmo pq eu gostava daquela forma crua, de só guitarra-baixo-bateria e tudo num formato mais digerível). Esse disco, em suma, abriu espaço para que eu conhecesse outros coisas bem distintas, além daquelas que nos entregavam pelas rádios ou do que eu já escutava.

    Depois de um tempo, deu cupim e traça num guarda-roupa velho que tinha; precisei trocar o móvel, alguns discos em vinis foram perdidos (e coloque aí na lista o ‘LC’ do Durutti Column, sim, é verdade), e claro, fiquei um tempo – digamos assim – cantando as músicas na cabeça (vc sabe o que quero dizer). Procurei por blogs e outros sites, e nunca encontrava. Até que o Cris (do upperwords… thanks Cris) ripou e fez um upload pra mim. Em mp3, não é como um vinil, mas não aguentaria ficar sem ouvir essa obra, não mesmo.

    E sim, há uma ou duas músicas que destoam do disco, mas nem tanto e poderiam até sair que nem fariam falta. Um álbum para ser conhecido, e logo.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s