Sons & Extras Sons! (5)

Sons:

ATENÇÃO! Os “Vikings” do Kent estão de volta. Banda sueca formada em 1990 que canta em sueco (ou iídiche, ou sami, etc), lança novo álbum – “Rod”, depois de dois anos de ausência (o último trabalho de inéditas foi em 2007 e ano passado uma coletânea) com a mesma qualidade de sempre… quer dizer, boa qualidade!

Para mim, o som da banda foi uma bela e agradável surpresa à primeira vista! Indie, pop-rock e eletrônico na medida certa! Os vocais são muito bons e o vocalista acertou quando resolveu cantar na sua língua nativa e não em inglês, o que não é muito comum para muitas bandas européias.

Vamos considerar que o álbum possui dez músicas, já que a primeira, “18.29-4”, destoa completamente das faixas restantes, pois parece um hino ou cântico de igreja!
Já a segunda faixa, “Taxmannen”, é puro delírio pra se jogar na pista e dançar com empolgação; destaque nos elementos eletrônicos utilizados e seu “grand finale” no melhor estilo Kraftwerk! “Krossa Allt” (entre outras), faixa seguinte, mantém o clima dançante da anterior.

Destaque ainda para “Hjarta” com suas cordas; “Svarta Linjer” com seu belo teclado; “Tontarna” com seus interessantes sintetizadores acompanhados de uma batida mais marcada; e, finalmente, “Det Finns Inga Ord”, faixa mais calma que destaca toda grandiosidade dos belos vocais de clima transcendental que permeia todas as faixas!

“Rod” não é um grande álbum nem também é candidato a um dos melhores do ano, mas é um dos bons trabalhos do Kent, que está de volta! Certeza de encontrar boas canções ou pelo menos uma das mais belas capas de álbuns de 2009!

Nota: 7,5

Extras Sons:

Há duas semanas comprei um receptor de antena parabólica, pois já fazia meses que só tinha a intragável, parcial, alienante, etc… Rede Globo como opção! Só pra exemplificar, a emissora coloca uma atriz negra em destaque no horário dito nobre, pra tirar de tempo o lado racista da emissora. É notório o grande espaço dado à maioria de artistas brancos com seus papéis de destaque, enquanto que os negros e/ou pardos (maioria em nosso país e minoria na mídia) possuem papéis menores. Apostei com minha esposa que a Menina Fantástica seria uma loira de olhos claros e foi! Até parece que o Brasil é um país de arianos – Pura hipocrisia! Sabemos que, historicamente, a Globo é a maior formadora de opinião do país, infelizmente! Mas esqueçamos, só por enquanto, o lado triste da “coisa”. O lado bom é que passei a ter, novamente (fazia tempo), outras opções de canais. Entre eles a MTV, que continua ainda interessante (boa surpresa); com suas propagandas bem sacadas; alguns programas de clips legais (principalmente os clássicos); programas de humor não convencionais e entrevistas interessantes. Sem falar no seu formato atualizado e moderno! Pois é, VIDA INTELIGENTE NA TV!

P.S.: Não esqueçamos o desconcertante e magnífico CQC da Band. Marcelo Taz é um gênio e visionário!

3 pensamentos sobre “Sons & Extras Sons! (5)

  1. TV pra mim é pra ver futebol e assistir filmes. De vez em quando assisto CQC e dou muitas risadas, principalmente quando eles sacaneiam os políticos. Além de eles terem um quadro voltado para o lado social, é um dos programas que vale a pena ver na TV, apesar do uso excessivo de propagandas. Mas a TV aberta, em geral, só tem porcaria, por essas e outras que fico só namorando com a TV por assinatura, que ainda é muito cara.

    Curtir

  2. Obrigado Eduardo! Ouça o álbum, pois vale a pena. Realmente, o download de arquivos de filmes acaba sendo uma boa opção; as redes de TV de modo geral não tem oferecido boas programações!

    Curtir

  3. Tenho que escutar esse disco do Kent, coisa que não fiz em 2009. E até gosto do anterior.

    Humm, certa vez eu disse isso (fiz um texto), que preferia fazer qq coisa no domingo a assistir a podridão e falta de imaginação dos canais televisivos. E não faria questão se aqui tivesse um quarto das séries americanas (isso no lugar de Faustões da vida).

    Mas, sempre opto por ligar a TV para que ela sirva de um acesso para o meu aparelho de DVD. Ou seja, estou optando mais por baixar séries e filmes do que ficar ligado nas opções televisivas. Isso pq eu pego a versão em AVI e passo para meu DVD, para assistir no conforto do lar. E tb não gosto de ver muitos filmes via TV não. Alguns perdem cenas bacanas, outros passam em horários que não são feitos para o próprio trabalhador, e ainda tem muitas propagandas longas e dependendo do horário, eu, às vezes, nem eu suporto mais.

    Engraçado que acordo todos os dias com meu televisor ligado (meu despertador) e deixo na MTV, isso lá pelas 6, 6:30 da manhã e confesso que está muito bacana neste horário (está passando o LAB que é feito com sons novos e interessantes, além de quase não ter comercial) e tb gosto – quando chego às noites, de ver algum programa de humor da emissora (o FURO MTV e o ROCK e GOL são bem inteligentes e dinâmicos).

    O CQC não vejo muito, acredita? Mas, quando paro e vejo, nunca me arrependo. Marcelo Tas é surpreendente mesmo.
    Belo texto o seu.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s