MIDLAKE – The Courage of Others (2010)

Faz quase quatro anos que os texanos do Midlake lançaram o aclamado ‘Trails of Van Occupanther’, que trazia a emblemática ‘Roscoe’, lembra? Como o tempo parece passar rápido?! Nem sempre, é verdade. No mundo da música, para algumas bandas ele parece andar tão rápido e para outras parece tão lento. No caso do Midlake, parece que foi há uma década. Apostava que lançariam algo em 2008, queimei a língua.

Oficialmente (já que o álbum se encontra disponível na net desde o fim do ano passado) o disco do quinteto sai em fevereiro desse ano, mostra os rapazes mais viciados na música folk e melódicos do que nunca: “We got into British folk. We started listening to Fairport Convention, Steeleye Span, and Pentangle; those are the three biggies. Strawbs, Amazing Blondel, a lot of more obscure bands: Yellow Autumn, Windy Corner”, disse Tim Smith, o mentor do Midlake, em entrevista ao site Pitchfork.

É perceptível o aprofundamento do grupo no folk dos anos setenta na sonoridade que emana de ‘The Courage of Others’, que segue por um caminho mais bucólico, mais acústico, mas nem por isso menos empolgante que ‘Trails of…’. Musicalmente o grupo continua impecável na construção de belos arranjos e melodias, que geralmente incorporam flauta ou arranjos de cordas (o piano ficou meio esquecido). Aos poucos vão deixando cada vez mais distante as associações com o Radiohead, uma das influências da grupo.

Inicialmente, ‘The Courage of Others’ soa linear, reto, e é mesmo, as três ou quatro primeiras canções parecem possuir o mesmo andamento, parecem fazer parte de uma longa suíte de andamentos quase invariáveis, principalmente em se tratando dos vocais, mas é o bucolismo que contamina todas elas e o uso recorrente dos mesmos elementos (acústco/elétrico) que acaba criando essa sensação ‘de estar sentado à porta olhando para o campo num dia que parece mais longo do que na verdade é, e que não se consegue levantar e ir fazer outra coisa pois se sente bem’.

Bom que essas primeiras impressões de repetição vão se desfazendo com mais audições e percebe-se a força de ‘Winter Dies’, por exemplo, uma forte candidata a melhor do álbum junto com a devastadora ‘Rulers, Rulling All Things’ ou o arranjo impecável de ‘The Horn’.

Quem observou mais detalhadamente a capa do álbum e associou a elementos renascentistas não estará errado, há elementos no álbum que remetem, principalmente em ‘Bring Down’ (com vocais quase à capela) e ‘In The Ground’.

Embora não apresente canções tão emblemáticas quanto o álbum anterior, mostra que a banda evoluiu a ponto de ir aos poucos definindo seu próprio som, criando sua marca própria e deixando as influências mais diluídas que nunca.

NOTA: 8,0

2 pensamentos sobre “MIDLAKE – The Courage of Others (2010)

  1. Dia desses estava até pensando em reeditar uma resenha que tinha feito sobre o ‘The Trials Of Van Occupanther’. Aliás, acho até que tinha sido uma das primeiras resenhas neste meu ‘vício’ por textos para a internet. Depois, deixei de lado. Talvez para o futuro.

    Esse disco, não vou negar, preciso ouvir mais vezes para não chegar a conclusões maldosas, apressadas e insensatas. Gosto do jeito folk da banda, de colocar ingredientes 70’s nas músicas, dos arranjos, porém, confesso que fico com o disco anterior. Caramba, naquele disco anterior (o ‘Trials Of Van…) não tem apenas ‘Roscoe’ que é uma grande abertura para um disco bacana, tem ainda ‘Bandits’, ‘Van Occupanther’, ‘Young Bride’ e muitas outras que funcionavam perfeitamente numa obra até difícil de conceituar e avaliar.

    O desse ano eu julguei muito igual, sem muitas mudanças, sem ousadia; apesar de quê, como já citei, ainda me chama a atenção a banda nos quesitos que mais me agradam. ‘The Courage Of Others’ parece não funcionar na sua totalidade, e sim, em músicas intercaladas. Em tempo, vou ouvir mais vezes, por enquanto, o disco de 2006 ainda soa soberano.

    Boa resenha, Luciano.

    Curtir

  2. Mais um bom trabalho neste início de 2010. Bons instrumentais com belas melodias – “Winter Dies” é realmente uma grande canção!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s