SAINDO DO FORNO: MGMT – Congratulations (2010)

Duo (Andrew Vanwyngarden e Ben Goldwasser) do Brooklin, Nova Iorque, lançou um interessante álbum em 2008 intitulado “Oracular Spectacular”; trabalho esse calcado num electroclash pop e psicodélico. Muitas vezes classificados como neo-psicodélicos, o que procede, em “Congratulations” observamos que a dupla deu um passo adiante, ao deixar o lado eletrônico mais discreto e misturar a neo-psicodelia (space pop experimental) ao indie rock, resultando numa sonoridade mais consistente e mais bem elaborada. Fato que existem semelhanças (som e vocais) entre o MGMT e o Empire Of The Sun (ex-The Sleepy Jackson – lançou um dos melhores álbuns de 2006, o maravilhoso “Personality”); semelhanças essas que só reforçam a excelente qualidade de ambas! A abertura do álbum fica por conta da empolgante “It’s Working”, faixa que lembra uma legal e efêmera banda dos 90’s – Flop. A segunda faixa, “Song For Dan Treacy”, segue no ritmo da primeira com um bacana tecladinho retrô. Temos ainda “Someone’s Missing”, com seus belos falsetes no melhor estilo Bee Gees e a merecida homenagem a Brian Eno – “Brian Eno” (“… we’re always one step behind him, he’s Brian Eno”). “Congratulations” é um provável candidato a um dos melhores deste ano! A banda se apresentou aqui no Brasil em 2008, no Tim Festival de Vitória – Espírito Santo; show que tive a oportunidade e felicidade de conferir através da MTV.

3 pensamentos sobre “SAINDO DO FORNO: MGMT – Congratulations (2010)

  1. Beleza Eduardo! Críticas construtivas e pontos de vista diferentes são importantes e bem vindos, pois, proporcionam uma melhor avaliação, bem como a geração de interessantes discussões!

    Curtir

  2. Zangelus, nesta sua pequena resenha – infelizmente – tenho que discordar de vc. Muito fraco o disco. Esperava mais do MGMT sobretudo depois do caleidoscópio sonoro brilhante que foi aquele primeiro disco (o ‘Oracular Spectacular’).

    Não me empolguei. Não segui adiante. E tentei por várias vezes. Uma pena.

    E sim, eu estive nesse show. Embora o The National tenha roubado a cena e no final eu ter achado que o MGMT não ficou muito bom ao vivo – isso na minha opinião.

    E apesar de tudo, ainda espero algo dessa banda, algo da magnitude que eles são e do que eles podem fazer.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s