SAIU DO FORNO: THE MISSION – Dum Dum Bullet (2010)

Posso confessar um segredo? Por muito tempo tive raiva de Wayne Hussey por ter saído do Sisters of Mercy e levado consigo o Craig Adams. Anos depois, passada a fúria, fui prestar atenção no The Mission e percebi entre outras coisas que Wayne era justamente o lado mais melódico do Sisters of Mercy, entrando em choque com a veia mais pesada de Eldritch, e que se não tivesse acontecido a cisão não teríamos o ‘God’s Own Medicine’ e o ‘Children’. Por mais de duas décadas Wayne conduziu seu grupo alternando altos e baixos, até chegar ao fim em 2008. ‘Dum Dum Bullet’ é uma espécie de álbum de despedida ou de compilação de b-sides de ‘God is a Bullet’ (2007), ou, se preferir, um álbum de caça níqueis. Com a palavra Wayne: “The band were enjoying a very creative and productive period and obviously had a lot of surplus material left over which I have recently found the time and inclination to complete”. Tirando as dispensáveis duas primeiras faixas, que mostram a queda para o lado mais pesado, no restante há alguns momentos interessantes que até rememoram o Mission dos longínquos anos 80 (coisa que eles tanto tentaram fazer ao longo da carreira), vide ‘Thine’. Em ‘Chelsea Blue’ parecem emular ‘The Blood’, do The Cure. O destaque entre as canções “novas” ficam por conta das enigmáticas e gélidas instrumentais balada ‘Katya’s Lullaby’ e ‘Still Deep Waters’ e mais ‘Room 22’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s