POP ONÍRICO: Tamaryn – The Waves (2010)

Dias atrás, nesta mesma seção, falávamos que o Tears Run Rings era da improvável Los Angeles, e eis que do Estado da California nos chega outra banda digna de figurar nesse espaço reservado aos fãs das canções para sonhar, viajar, hipnotizar, o duo Tamaryn.

Formado em 2000 pela vocalista Tamaryn e o multiinstrumentista Rex, acabam de finalizar seu primeiro álbum, Waves, um delírio sonoro de nove canções repletas de paisagens distorcidas numa trilha de guitarras ásperas e vocais indolentes.

“I think it’s atmospheric, emotional and deliberate”, assim Tamaryn define o seu som, que ora pende para o lado do ethereal, ora para o dreampop, às vezes com a adição de tons psicodélicos.

Sobre as influências, citam Spaceman 3, The Cure e Echo and the Bunnymen, mas influências do My Bloody Valentine e Cocteau twins são bem claras.

Destaque para os hits instantâneos ‘Love Fade’, com clima quase gótico; ‘Sandstone’, uma cruza entre MBV e Curve; e ‘Dawning’, repleta de emoções densas.

__________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s