GUIA DAS SÉRIES: Mad Men

Dando continuidade ao meu Guia das Séries, hoje explico um pouco sobre ‘Mad Men’ que está fazendo um enorme sucesso na atualidade, e que já conquistou alguns prêmios. Convenhamos, um êxito bem merecido.

Sempre advirto para esse meu guia que eu posso entregar algum SPOILER. Então, caso não se importem, sigam adiante.

Emissora (EUA): Canal AMC
Anos de exibição: de 2007 a 2010 (em andamento).
Temporadas: 4 (a quarta vai para o sexto episódio e até agora foram 44 episódios contabilizados)
Criador: Matthew Weiner (também criador da série Sopranos)
Conhecida no Brasil como: ‘Mad Men’ mesmo (não encontrei traduções em sites).

Lembro até hoje, digitando no twitter, quando vi várias pessoas dizendo que Don Draper era o cara. Ora, tanta gente é o ‘cara’ hoje em dia. Claro que eu fui lá, pesquisei mais, me interessei, e ainda tinha toda a série para assistir (uns 40 episódios pela frente). Encarei. Confesso que os 5 primeiros quase me fizeram desistir da série. Mas, de uma tal forma, aquele sexto episódio da primeira temporada é um tapa ‘de luva’ na cara pedindo ao espectador que desse atenção aos acontecimentos da Agência Sterling Copper. O fato é o seguinte: não é Don Draper que é importante em Mad Men, é toda uma mescla de fatores. É um apanhado, um conjunto, onde tudo toca em sintonia. Os outros personagens (tanto femininos e masculinos) são bem delineados na narrativa e não ficam meramente em segundo plano.

Claro que tudo gira ao redor de Don Draper (Jon Hamm), e até o fim, ele seja a figura mais comentada pelos sites e redes sociais. Ele é o publicitário de sucesso, homem charmoso de meia-idade galanteado pelas mulheres, preterido por outras empresas, exigente e enérgico quando preciso, respeitado pelos colegas, mas, como todo personagem intrincado, há algo no mundo de Draper que pode comprometê-lo, e sua vida com a família e nos negócios às vezes nem sempre sai como planejado. Ainda vale ressaltar a reviravolta de Peggy Olsen (Elisabeth Moss) como a única mulher a ser publicitária no meio de tantos homens (e na época então) e mais além, é interessante ver toda uma hierarquia de trabalho ali a qual estamos bem acostumados hoje em dia. Tem o bajulador, o faz-tudo, o invejoso, o ganancioso, o não-me-toque, o sanguessuga, vários estereótipos, e você entenderá quem é quem na história.

Para a série, há todo um esmero em retratar os cenários e o figurino da época, nada fica fora do lugar. Mad Men é um livro aberto e bem caracterizado da cultura e da sociedade americana da década de 50/60 com machismos/sexismos, valorização da indústria do tabaco e do álcool, a publicidade como forma latente de influência na sociedade capitalista/de consumo. E não tem como ficar inerte, mesmo não sendo americano, aos episódios que tratam da morte de Marilyn Monroe e do assassinato do presidente John F. Kennedy – ícones daquela época. Inserções bem tocantes e bem retratadas na tela.

A trilha é bem acomodada na trama. Momentos de humor (sem serem caricatos) e de tensão são bem intercalados. E as temporadas sempre fecham com aquele ar de indagação no espectador, fazendo com que ele corra à próxima. Mad Men, se fosse avaliada em cada detalhe, caso um professor pedisse uma tese sobre a série, seria como um vidro estilhaçado. Como pedaço da história de um país que hoje é uma das potências mundiais; como estudo das organizações de uma empresa (muita coisa não mudou hoje em dia, por incrível que pareça); como análise das relações sociais, dos meios de comunicação e do consumo através dos tempos; e muito mais, pois aqui temos uma aula de como se fazer cinema (mesmo em formato para a TV), ter roteiro, narrativa substancial e nunca cair de qualidade.

Em tempo: Mad Men era como se chamavam os publicitários americanos nas décadas de 50/60.

Próxima série: Breaking Bad (aguardem!)

2 pensamentos sobre “GUIA DAS SÉRIES: Mad Men

  1. Sem a menos dúvida, a série do momento… e que momento! :)
    Todos os episodios, e todas as séries sempre a surpreender.
    É sem dúvida a minha série preferida.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s