POP ONÍRICO: Crash City Saints – Glow in the Dark Music (2010)

crash_city_saints

Após cinco anos de carreira o duo de Michigan, Crash City Saints, chega ao seu primeiro álbum cheio, que na verdade é uma espécie de coletânea do que produziram desde 2005 até aqui, incluindo aí o EP ‘Returner’.

O projeto é formado pelos músicos Joshua Garman (guitars, vocals, loops, drum programming) e Chris Wahamaki (bass, vocals), e conta com a participação da vocalista April Morris, da banda Glowfriends. É dela o vocal em “Broke”, faixa que abre o álbum num ritmo bem mybloodyvalentineano circa ‘Loveless’.

São quatorze faixas, mais de cinqüenta minutos, de cascatas de guitarras envenenadas em fuzz, feedbacks e distorções (ancoradas por elementos eletrônicos discretos e bateria eletrônica), construindo uma verdadeira muralha de barulho que nos conecta a nomes contemporâneos que transitam por esses caminhos, como Cosmicdust, Skywave e Astrobrite, e sob as bençãos da dupla JAMC/MBV. Destaques para a já citada “Broke”, a poderosa “A Life Worth Living”, com um baixão suingado, e “Out From the Storm”, que parece fundir duas melodias completamente diferentes para criar uma canção.

A idéia do álbum é de criar uma hipnose noise, não seguindo, em geral, pelo caminho dos vocais etéreos, mas pálidos e soterrados. Um conselho para os menos afeitos: Prepare os ouvidos.

__________________________________

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s