DÊ UMA CHANCE: Apartment – The Dreamer Evasive (2007)

Essa é mais uma seção que resolvi iniciar aqui no blog. Ela se valerá sempre de alguma banda que surgiu, e depois acabou ou desapareceu. Escolho um disco da banda que compensa ser conhecido/escutado e comento numa espécie de resenha concisa. Por isso mesmo o nome da seção, apesar de não sabermos mais do paradeiro do grupo e o mesmo não receber muitos comentários pela internet.

Explicado o porquê da seção, vamos ao grupo inglês Apartment. Bem, logo de início, é difícil situar a banda por conta de que é fácil e muito comum de encontrar esse nome pela internet. Existe Apartment da Finlândia e dos EUA. Então, até mesmo uma busca pelo Google pode ser tarefa ingrata. Além disso, ‘The Dreamer Evasive’ passou batido há 4 anos atrás, mesmo que tenha sido – na minha opinião – um dos discos que mais ouvi naquela época.

O som dos ingleses não é original, se vale da herança post-punk e pega emprestado muita coisa que você ouviu – e ainda ouve – com frequência. Pegando emprestado a sonoridade 70’s (final da década) e até mesmo alguns queridos atuais como Interpol, Franz Ferdinand, The Braverys e Strokes, Apartment faz um som vigoroso, e em nenhum momento, o álbum desanima. Para ser ouvido num fôlego único. Os vocais de David Caggiari são enérgicos e talvez um dos melhores que ouvi naquele ano. Um álbum direto, incisivo, com guitarras potentes, refrões ganchudos, músicas vertiginosas mesmo que um certo gostinho pop-rock radiofônico não seja esquecido (o caso de ‘Everyone Says I’m Paranoid’).

O grupo não se esquece de guitarras dedilhadas (‘Fall Into Places’), canções arrasa-quarteirões para o público cantar junto no show (‘10000 Times’), letras humoradas (‘My Brother Chris’), e faz até uma das melhores canções que ouvi na década passada, ‘Pressures’. Música com nuance épica, toda cheia de detalhes, mostra como uma banda pode trabalhar bem melodia, peso e a herança post-punk, fazendo uma mistura inteligente e agradável desses elementos.

Infelizmente, não tive mais notícias do Apartment. Acompanho muitos lançamentos, blogs, fóruns, e confesso que o grupo não apresentou nada novo. Uma pena. Claro que na página que deixo logo abaixo do Wikipedia, diz que a banda terminou em 2010. Mas acredito que nunca são notícias concretas. De qualquer forma, ter esse disco é fundamental. Baixe, guarde com carinho, e vale ser ouvido inúmeras vezes, como foi o que aconteceu enquanto escrevia esse texto entre outros. Dê uma chance.

Um pouco mais sobre a banda, aqui.

Próximo disco da seção (sem data certa):
FLOTATION TOY WARNING – ‘Bluffer’s Guide To The Flight Deck’ (2005)

5 pensamentos sobre “DÊ UMA CHANCE: Apartment – The Dreamer Evasive (2007)

  1. Sim, Lucas Jorge, assim como o Asian Dub Foundation ficou bastante conhecido com a música ‘Fortress Europe’ no jogo Need For Speed, o Apartment ficou conhecido por conta do que vc já relatou a respeito do jogo FIFA 08. E muito bacana saber sobre a banda que o David montou, claro que vou procurar conhecer. Obrigado pela dica e pelo comentário.

    Curtir

  2. Ótima banda mesmo, conheci no FIFA 08, com a música Fall Into Place, música que considero uma das melhores que já escutei. Pena que acabou, mas o David Caggiari formou outra banda, o Age of Giants, que também tem um som muito legal.

    Curtir

  3. Enquanto muito lixo circula pelos meios midiáticos e se dão bem, bandas como Apartment se desfazem. Conheci a banda a partir da música “Patience is proving” e gostei da sonoridade, infelizmente a sobrevida de bandas indies depende da divulgação certa e da sorte em ser conhecida na América, pelo menos tiveram seus 15 minutos de fama…

    Curtir

  4. Essa banda é muito bacana,na época que baixei o disco eu achei similar ao Interpol do primeiro disco só que com toques de Smiths.Pena que acabou.Sabe Luciano,eu não sou muito fã deste Póst-punk revival,são poucas as que se salvam.. quando escuto um disco como o ultimo do She Wants Revenge me dá vontade mesmo é de ouvir o pós-punk original,que é incomparável.Qualquer um Modern English Ou The Sound é melhor que toda a leva atual..
    Gostei muito de rever matérias antigas da BIZZ aqui!!
    Grande abraço, amigo.

    Curtir

  5. Lembro que conheci o Apartment em 2004 quando ainda nao tinham lançado esse CD, mas apenas um EP. Eu tava em Portugal e lá vende NME nos jornaleiros normais (sonho!) e eles estavam em uma matéria sobre bandas com sonoridade tipo New Order/Smiths, indicadas pelo próprio Peter Hook. A mesma matéria falar sobre o Battle, o Editors e o Performance. Everyonde says i’m paranoid tocou muito no meu carro na época, mas até hj ouço esse CD. Ótima banda realmente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s