SAINDO DO FORNO: Songs Of Green Pheasant – Soft Wounds (2012)

Anteriores:
+ Korallreven – An Album By Korallreven (2011)
+ Still Corners – Creatures Of An Hour (2011)

Duncan Sumpner, que é um professor escolar em Sheffield, dá vida ao seu projeto Songs Of Green Pheasant. E mais uma vez, um projeto musical um tanto quanto desconhecido que quase não se comenta muito pela internet. Os discos anteriores foram pela gravadora FatCat. ‘Soft Wounds’, por sua vez, foi gravado pela Rusted Rail. Flertando com o folk-rock, o ambient, o lo-fi ou mesmo com o jazz, Duncan dá realce aos instrumentos variados em suas composições (que a início parecem simples, mas não são). Canções como ‘Deaf Sarah’ ganham mais requinte com adição de sopros. Mesmo com a abertura convincente, assimilável e grudenta de ‘Teenwolf’, o ouvinte precisará de várias audições e dedicação para entender uma canção como ‘Flesheaters’, que em seus quase 10 minutos, passa por diversas nuances conduzidas por uma bela percussão, guitarras dedilhadas e que fecha magistralmente com violinos. Um aviso: um bom fone de ouvido, sem muito barulho por perto e você encontrará, em cada audição, mais detalhes neste álbum. Isso é muito válido nestes dias.

Tempo de duração: 38 minutos
Canções: 8
Destaques: ‘Teenwolf’, ‘Deaf Sarah’ e ‘Flesheaters’
Para quem gosta de (similares): Cascadeur, Talk Talk da época do ‘Laughing Stock’ (1991), Durutti Column, Simon And Garfunkel, Nick Drake

Last FM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s