CINEMA: Tucker And Dale Vs Evil (Tucker And Dale Contra O Mal, 2010)

ANTERIORES:
+ Hugo (A Invenção de Hugo Cabret, 2011)
+ The Descendants (Os Descendentes, 2011)

Um pouco desmotivado pela falta de filmes de terror convincentes ou com alguma narrativa que me atraia, acabei descobrindo (melhor) o gênero terrir, ou mesmo, o cinema que se utiliza do humor negro (que emprega a comédia com o terror). E já tenho alguns filmes aí preferidos da minha lista como ‘Zumbilândia’ (2009), ‘Quase Todo Mundo Morto’ (2004) e ainda anexaria o clássico e impagável filme de Peter Jackson, ‘Fome Animal’ (1992), que tem lá seus momentos bem engraçados e até hoje é referência para muitos cinéfilos.

‘Tucker e Dale Contra o Mal’ é um filme simples, de baixo orçamento e com atores praticamente desconhecidos. Os elementos já praxes dos filmes do terror estão ali: jovens estudantes fazendo farra, cabana suspeita no meio da floresta, lendas locais sobre massacres, todo aquele clima de região deserta e com ar de mistério. Até o início do filme já é uma própria paródia de clássicos como ‘O Massacre da Serra Elétrica’.

A diferença muito bem situada (e bem articulada) aqui são os protagonistas. Enquanto o gênero de terror sempre trabalha com psicopatas, pessoas ou animais mutantes, fantasmas, seres difíceis de se abater, essa película traz dois caipiras humildes e nem ligados à confusão. Tucker e Dale só querem passar uma folga na cabana deles e curtirem uma pesca. Infelizmente, nossos dois personagens são confundidos, ou melhor, são estereotipados como possíveis seriais killers por alguns estudantes. A partir daí, sem entender nada, os dois amigos serão acuados como presas, apesar de que a sorte está sempre do lado deles (algumas mortes como a do cortador de madeira até lembram cenas cômicas de um desenho animado).

Sem muito estardalhaço, ‘Tucker e Dale Contra O Mal’ é uma boa diversão. Traz uma comédia bem elaborada mesclada com os padrões do gênero terror que nos acostumamos a ver desde adolescentes. O mais legal aqui é que o grande vilão é resultado da psicologia das pessoas, e como uma lição, fica para o espectador que o mal surge, muitas vezes, da arrogância, prepotência, preconceito e falta de diálogo de alguns humanos. Nada de irreal assim e muito comum de ser ver hoje em dia.

IMDB

Outras opiniões/informações

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s