BEAK – >> (2012)

ANTERIORES:
+ KYTE – Love To Be Lost (2012)
+ HOLOBODY – Riverhood (2012)

Beak é a reunião de 3 músicos: Geoff Barrow (Portishead), Matt Williams (Team Brick) e Billy Fuller (Fuzz Against Funk). Confesso que desse trio, conheço apenas Geoff e o Portishead. Nunca tinha ouvido falar dos outros 2 músicos e das respectivas bandas das quais fazem parte. Os 3 componentes da banda são de Bristol. O Beak já tem outro disco lançado, ‘Beak>’ de 2009.

A sonoridade é quase toda formulada em torno do Krautrock e no Prog rock. Pegue aquela turma ali dos anos 60/70, principalmente: Pink Floyd, Neu!, Faust, Can, Gong. As influências são visíveis, tanto que ‘Eggdog’ e ‘Ladies’ Mile’ lembram bastante os alemães do Kraftwerk fase ‘Autobahn’ (1974) e ‘The Man Machine’ (1978). Contudo, também podemos perceber ecos do cenário pós-punk lá do final dos 70’s (Pere Ubu, Joy Division, The Fall), a porrada sônica de ‘Wulfstan II’ é um bom exemplo.

Sem medo de se jogar no experimentalismo e na psicodelia (‘Spinning Top’), em meio a guitarras maciças envoltas em melancolia (‘Deserters’) ou mesmo em composições em que a eletrônica dita mais o ritmo (‘Liar’), digamos que esse trio não tem medo de ousar/tentar. Se você não tem afinidades com os gêneros e grupos citados em meu texto, a sonoridade não é tão acessível assim, porém convenhamos que o Beak pretende fugir um pouco da mesmice atual, e Geoff quer sair da sombra de seu Portishead.

Myspace

Ouça as faixas e baixe o disco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s