TORO Y MOI – Anything In Return (2013)

ANTERIORES:
+ PETER BUCK – Peter Buck (2012)
+ MOTORAMA – Calendar (2012)

Quando vi ‘Anything In Return’ pelos sites, confesso que tinha medo do que eu poderia ouvir, tanto que esperei amigos também fãs de Chaz Budwick (o mentor do Toro Y Moi) dizerem o que acharam do álbum. Eu sabia das mudanças que o músico planejava (ele já havia dito algo como ‘tentar fazer uma gravação pop’). Fugir um pouco da linha chillwave, tentar outros gêneros como o pop eletrônico e até um pouco de rhythm’n’blues, ou seja, tentar mostrar que o amadurecimento havia chegado para ele. Porém, mudanças sempre escondem um certo receio (mesmo que a gente não admita isso).

‘Anything In Return’ não é um disco fraco de todo, mas está aquém do que foi feito lá no estupendo ‘Underneath The Pine’ de 2011. Aqui, temos um disco menos efusivo e mais sério, apesar disso, não há equilíbrio na produção, e a tarefa ridícula e ingrata de pular faixas torna-se necessária. ‘Harm In Change’, ‘Say That’, ‘So Many Details’, ‘Cola’ e ‘Cake’ revelam um artista preocupado em boas e grudentas melodias, novos caminhos e um certo esmero na eletrônica mesclada com outros gêneros (e não apenas na chillwave), contudo, há outros momentos que ficam devendo (sobretudo pelo certo talento que Chaz já vinha mostrando).

Mesmo que as (ótimas e mais variadas) influências sejam notadas como Stereolab, Air, Caribou e Seefeel, esse é um disco que acaba sobrando, e a bem da verdade, algumas músicas poderiam ter ficado de fora que nem fariam falta assim. Uma pena, uma vez que os trabalhos anteriores do Toro Y Moi rodavam direto e inteiro em meu player e se repetiram por dezenas de vezes.

O tempo pode dizer como os fãs reagirão a esse trabalho, a essas mudanças. Será que o Toro Y Moi está fadado à sombra da chillwave, a não alterar muito a sua sonoridade (tão espetacular há 2 anos atrás)? É esperar pelo próximo trabalho. Sempre dá para se esperar algo de músicos como Chaz que está sempre buscando um constante aprendizado no cenário musical.

Abaixo, o vídeo de ‘Say That’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s