GUIA DAS SÉRIES: Les Revenants

Anteriores:
+ American Horror Story
+ Alphas

Emissora: Canal +
Episódios: 8
Temporadas: 1 (a segunda foi cogitada para o início de 2014)
Duração dos episódios: entre 50 a 56 minutos
Criada por: Fabrice Gobert e é adaptada de um filme de 2004 que foi dirigido por Robin Campillo
Temas: morte, vida pós-morte, mistério, suspense, religião, metafísico
Observação: tentei de tudo para não revelar nenhum spoiler, logo, o texto não representa toda minha opinião acerca do seriado

Mesmo em tempos de tanta coisa surgindo na internet, tantas opções entre as artes como cinema e música, ainda sinto falta de um velho debate entre algo que chega possível de muitas discussões. Acho que o último caso, digamos assim, de teorias e formulações a respeito de alguma narrativa, foi na época áurea de LOST (até quando muita gente não desanimou e largou de lado a série). Sempre depois de um episódio, debates em redes sociais e fóruns cresciam massivamente nas páginas da internet. Fico pensando que ‘Les Revenants’ poderia ser assim, voltar com um debate sadio entre os espectadores.

Contudo, ‘Les Revenants’ é uma série francesa, e ainda o cinema europeu (em si) não convence algumas pessoas que se familiarizaram demais com o cinema americano ou da escola ‘hollywoodiana’. Quando começou, a série foi indicada nas redes sociais para quem era fã de ‘The Walking Dead’. Muito cuidado, ambas as séries são diferentes, e apesar de quase a mesma temática (pessoas que retornam depois de mortas), elas trabalham com o processo narrativo de uma forma distinta. A série americana se inspira nos zumbis clássicos de George Romero, por sua vez, ‘Les Revenants’ vem com o toque sutil francês de se fazer o suspense/terror: o psicológico dos personagens, eventos estranhos, o trauma.


(acima, o garoto Victor, um dos mais enigmáticos personagens…)

‘Les Revenants’ tem o principal numa série: instigar o espectador a espera de cada episódio. Promover a evolução de todos os personagens na narrativa e revelar paulatinamente detalhes que ajudem no desvendar da trama ou mesmo que a tornem mais complexa. E claro, não faltam questões em aberto (que de maneira nenhuma podem ser expostas aqui). O metafísico, o religioso, o científico e o sobrenatural podem andar juntos e o espectador fica em conflito consigo próprio a respeito de uma solução (quanto a isso, a primeira temporada foi finalizada de forma genial). Estamos diante de uma trama com flashbacks, mas os mesmos nunca são decifrados facilmente, cabe ao leitor encaixá-los em sua mente. Cada personagem recebeu sua importância, e é difícil não vivenciar o drama de todos (que geralmente envolvem família e relações amorosas).

A série ainda conta com uma bela e substancial trilha sonora, assessorada muito bem pelos escoceses do Mogwai (leia a resenha aqui). A abertura é sublime e o elenco foi bem escalado. Ainda há de se ressaltar algumas cenas que tiram proveito do clima noir, o que deixa alguns momentos mais apreensivos, e muitas vezes, temos apenas a lâmpada das ruas ou os faróis dos carros servindo de iluminação. A cidade do seriado também causa certa sensação de melancolia e de solidão, sobretudo pela presença de poucos habitantes e de suas ruas semi-desertas. Aos poucos, ‘Les Revenants’ vai sendo reconhecida, segue agradando mais espectadores. Tudo depende, agora, de como a segunda temporada será dirigida. Essa será uma prova de fogo e tanto.

Mais informações, aqui (cuidado pois pode haver spoilers)

Site oficial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s