OU NÃO: Way Yes, ‘Tog Pebbles’ (2013)

Anteriores:
+ Fiction, ‘The Big Other’ (2013)
+ RQTN, ‘The Passenger’ (2013)

Em ‘Tog Pebbles’, o Way Yes cria um universal musical baseado em folk psicodélico (ou psych-folk), experimentalismo, batidas tribais e texturas sonoras. O resultado final é um disco interessante, falta agora ver se a banda engrena a partir desse trabalho.

Way Yes é de Columbus (Ohio). As referências musicais são variadas, e é comum se lembrar de bandas do badalado bairro Brooklyn, de Nova Iorque. Animal Collective, MGMT, Yeasayer, High Places, Gang Gang Dance e outros que seguem por essa sonoridade. Não é por menos, esteja preparado para muitas viagens sonoras onde a percussão atinge ápices estrondosos, um bom exemplo é ‘Money Field’. O acústico e a eletrônica trabalham para um bem comum, e é essa fusão que embola a cândida ‘Get Healed’. Ritmos latinos e/ou africanos também agregam a certa magia do disco, ouça ‘Macondo’ e ‘Rhythm Of The Ants’. Além de todo um trabalho com os vocais (gostei quando se intercalam entre o masculino e o feminino), o grupo não esquece de valorizar instrumentos, dando até espaço para um trombone em ‘Blood Line’. No final, apesar de um certo dejá-vù, ‘Tog Pebbles’ mostra um bom resumo do que bandas nova-iorquinas já fizeram na década de 2000. O Way Yes soube aproveitar bem e isso me agradou em certo ponto.

Para ouvir, clique aqui

Escute ‘Colerain’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s