OU NÃO: Observer Drift

Anteriores:
+ Majical Cloudz, ‘Impersonator’ (2013)
+ Way Yes, ‘Tog Pebbles’ (2013)

Collin Ward é o mentor do projeto Observer Drift. Novamente, mais um músico bem jovem que não está tanto assim na mídia, porém que já vem com seu segundo trabalho (o primeiro foi ‘Corridors’ de 2012). E o que escutamos em ‘Fjords’ fará com que o Observer Drift tenha mais sucesso no futuro?

Dois fatos impressionam no Observer Drift. O primeiro é que Collin ainda é um jovem estudante, e todas as músicas que faz, é no estúdio de sua família. Depois disso, ele manda as músicas para um amigo remixar. O artista também não tem gravadora de apoio, e tudo que ele lança fica no site da Bandcamp. Portanto, louvável essa atitude um tanto quanto humilde e amadora de Collin. O segundo fato interessante é que ‘Fjords’ atira para todos os lados, lança estilhaços sonoros mais variados os possíveis: eletrônica, dream pop, shoegaze, lo-fi, folk, flerte com os 80’s. Interessante, pois mostra um disco equilibrado e aberto a surpresas a cada canção. Destaco as levadas climáticas de ‘Machine’ e ‘Fjords’, o pop-rock radiante de ‘Lingonberry’ e as guitarras que conduzem o ouvinte em ‘Azimuth’. Vamos ficar de olho no rapaz.

Site para ouvir/comprar o disco

Escute a climática ‘Fjords’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s