PIANO MAGIC – Heart Machinery, A Piano Magic Retrospective (2001-2008), 2013

Anteriores:
+ SIGUR RÓS – Kveikur (2013)
+ BOARDS OF CANADA – Tomorrow’s Harvest (2013)

Quando conheço uma banda, considero importante procurar pela história dela, pelos discos antigos. Eu mesmo só conhecia o Piano Magic depois do primoroso trabalho de 2009, o genial álbum ‘Ovations’. ‘Heart Machinery…’ é uma coletânea com 27 músicas que nos dá a chance de descobrir os 8 anos iniciais da década passada dessa banda inglesa. Claro que temos um disco para se ouvir com calma, desfrutando cada momento com cuidado para não tirar conclusões apressadas. São duas horas de apreciação, uma missão nem tão fácil nos dias atuais.

Casando a folktrônica com o pop-rock tradicional, ou em outros momentos praticando um lo-fi e até mesmo um ambient, notamos aqui um trabalho bem experimental e nem tão acessíveis como foi no disco de 2009. Algumas músicas são baseadas em (espécies) de monólogos tendo uma base sonora bem minimalista. Entre elas, podemos destacar ‘I Came To Your Party Dressed As A Shadow’, ‘The Drowning Of St Christopher’ e ‘The Journal Of A Disappointed Man’. Contudo, o grupo acerta em sua verve mais roqueira e coloca no talo as guitarras de ‘Speed The Road, Rush The Lights’ que termina com uma bateria insana e muito peso.


(mais de 15 anos de experiência e muita música boa para ser descoberta…)

Sempre julguei New Order e The Durutti Column duas fortes influências para o Piano Magic. Músicas como ‘This Heart Machinery’ e ‘Dark Horses’ lembram algo do quarteto de Manchester lá do início de carreira em 1981 (sim, é verdade); enquanto ‘Saint Marie’, ‘What Does Not Destroy Me’ e ‘Paulette’ trazem reminiscências com o projeto musical de Vini Reilly, por conta de um cuidado maior com as guitarras dedilhadas. Os vocais femininos também se encaixaram bem em momentos como ‘Luxembourg Gardens’, ‘Echoes On Ice’ e ‘Incurable’ (essa resvalando bastante para a eletrônica). E não estranhe se no final de ‘Wrong Turn’ você achar que está ouvindo a música de algum disco arranhado (chega a perturbar um pouco a melodia agarrada).

Como um bom livro biográfico, ‘HM,APMR (2001-2008)’ é um compêndio de interessantes canções, mais do que composições demonstrando experiência e qualidade dos londrinos, um atestado de que a música sempre apronta algo e pode despertar no receptor as mais diferentes sensações. O Piano Magic usa de todas as suas engrenagens/ferramentas para enaltecer essa máquina fantástica chamada coração, que neste caso, é o do ouvinte.

Site oficial

Escute a linda ‘Saint Marie’

Um pensamento sobre “PIANO MAGIC – Heart Machinery, A Piano Magic Retrospective (2001-2008), 2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s