SULK – Graceless (2013)

ANTERIORES:
+ MUDHONEY – Vanishing Point (2013)
+ ARCADE FIRE – Reflektor (2013)

Banda londrina criada em 2011, lançou seu primeiro álbum, “Graceless”, em abril deste ano. Aqui você não encontra nada de absolutamente “original” ou que pelo menos tenha sofrido uma influência “indireta”, pois tudo é direto e traz como cartão postal o som indie dance do final dos 80’s e início dos 90’s, o que foi chamado de Madchester. Sendo ainda mais direto, o Sulk quer ser o The Stone Roses dos tempos atuais. Jon Sutcliffe (vocais) & cia. pretendem (o que parece ser) fazer um revival da banda que recentemente retornou a atividade, e “Graceless” poderia ser visto como o terceiro álbum do The Stone Roses que não foi lançado. As comparações não param por aí, pois até o visual (vestimentas, cabelos, etc.) o Sulk copia! Então você, leitor, deve perguntar: mas por que diabos eu perderia meu tempo escutando uma cópia descarada (escancarada) de uma outra banda que, como foi dito anteriormente, voltou a ativa??? Bem, eu diria que fica a critério de cada um ouvir e julgar. Eu, particularmente, achei interessante… razoável, mas nada de menos e muito menos demais. A música de abertura, “Sleeping Beauty”, soa como a fusão do The Stone Roses com o The Charlatans. Destaque para “Diamonds In Ashes” e “The Big Blue”. O vocal de Jon se aproxima bastante ao de Ian Brown na maioria das faixas.

__________________________________

<

2 pensamentos sobre “SULK – Graceless (2013)

  1. Apesar das referências bem evidentes, curti o revival Madchester dos caras. Fico feliz que tenha voltado a escrever e espero que mantenha o ritmo.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s