SAINDO DO FORNO: Broken Bells – After The Disco (2014)

Anteriores:
+ Cheatahs – Cheatahs (2014)
+ Alcest – Shelter (2014)

A dupla americana formada por Brian Burton (mais conhecido como Danger Mouse) e James Mercer lançou em 2010 o primeiro e bom álbum homônimo, o qual continha o hit “The High Road” e em 2011 o EP “Meyrin Fields”, retorna (retoma) com o “projeto” depois de três anos de ausência. O duo faz um pop rock sem firulas com influências dos 70’s. “After The Disco” é um álbum bastante regular, no sentindo de manter um bom nível na qualidade musical, onde elementos como sopros, cordas (acústicos) e até eletrônicos são utilizados na medida certa. Difícil até destacar uma ou mais faixas, pois todas têm um brilho peculiar! Mas pra não passar em branco nesse sentido, vamos lá: a abertura fica por conta da “épica” e animada “Perfect World”; a seguir temos a homônima “After The Disco”, com seu baixo marcante e “groovento”, típico da disco music; “Holding On For Life” é a música de trabalho com refrão no melhor estilo falsete Bee Gees; “Leave It Alone” é uma bela música acústica com vocais crescentes e acompanhado de um bonito coral; a “tribal” “The Changing Lights” traz uma luz “mágica” com seus vocais acentuados; “Control” e “Lazy Wonderland” lembram um pouco (ou muito) John Lennon no auge de sua carreira solo; “Medicine” e “No Matter What You’re Told “ possuem uma levada pop bastante agradável e chegam a empolgar; as cordas utilizadas em “The Angel And The Fool” (faixa mais calma) além dos vocais de modo geral, transportam o ouvinte a um lugar que deve ser colorido e sereno; finalmente “The Remains Of Rock & Roll” fecha o álbum em grande estilo (refrão marcante novamente) – Comentei todas as faixas! Afinal de contas é um trabalho com produção impecável e soberba. Um álbum “despretensioso”, mas que “acerta na mosca” e agrada em cheio. Acreditem… Grande surpresa e forte candidato a um dos melhores do ano!

______________________________________

4 pensamentos sobre “SAINDO DO FORNO: Broken Bells – After The Disco (2014)

  1. Muito contente com esse comentário da Mônica pois nos incentiva muito…Queremos mais leitores/leitoras assim, sem medo de comentar, de mostrar outros aspectos que por vezes deixamos passar em nossas resenhas ou mesmo que seja para criticar o nosso texto. Acho que a internet deve propiciar exatamente isso: uma troca de informações e de ideias. Obrigado Mônica e tb aos colegas Luciano e Ângelo por mostrarem o mesmo carinho.

    Curtir

  2. Nós é que agradecemos pelas palavras, Monica, que nos enchem de confiança para continuarmos escrevendo aqui apesar de todas as dificuldades,. Sinta-se sempre à vontade aqui no blog.

    Curtir

  3. Obrigado a você Monica Giudice por compartilhar essa mesma percepção conosco! Seus comentários serão sempre bem vindos! :-)

    Curtir

  4. Angelo, eu sempre digo que discos são como pessoas. Existem aqueles cujo afeto vamos desenvolvendo na medida em que nos predispomos a dar atenção, e quando percebemos eles viram um amor. Outros, por sua vez, são arrebatadores. Nos exatos primeiros 30 segundos de execução, sem o mínimo esforço, a “liga” acontece e vem a certeza de que será pra toda vida.

    Foi o caso de “After The Disco” comigo.

    Deixando de lado o lirismo, o que posso dizer é que há tempos não ouvia algo que me surpreendesse e empolgasse tanto a cada “faixa”, sem aquela vontade “instintiva” de pular a sequência. Posso afirmar que, enquanto eu ouvia, minha sensação de incredulidade só aumentava, na medida em que o disco ia melhorando a cada avanço do play, e quando cheguei ao final já sentia vontade de ouvir todo ele novamente, sem perder os detalhes, acompanhando o que a resenha dizia.

    Enfim…só me resta agradecer a vocês, do Music Non Stop, pela generosidade com que sempre nos presenteiam, nos apresentando ao que existe de melhor nas diversidades sonoras, e reforçar o quanto esse empenho de todos aí é especial para mim. Obrigada, mais uma vez.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s