SAIU DO FORNO: Sisyphus – Sisyphus (2014)

Anteriores:
+ Halls – Love to Give (2014)
+ Phantogram – Voices (2014)

A música sempre tem das suas surpresas, sobretudo quando alguns artistas resolvem se reunir e lançar algum projeto. Claro que a curiosidade torna-se ainda maior quando a junção traz três nomes de peso do cenário. Sisyphus é a colaboração entre Sufjan Stevens, Son Lux e o rapper Serengeti. A princípio, em 2012, os 3 músicos se reuniram com o nome S/S/S e lançaram o EP Beak & Claw. Agora em 2014 retornam com um álbum homônimo onde as 11 canções deixam transparecer as particularidades e a sonoridade de cada um dos artistas, apesar de o trabalho usar de experimentações para mesclar gêneros como hip-hop, eletrônica e indie pop (‘Rhythm Of Devotion’ é um bom exemplo). Esse pode não ser um projeto ambicioso, e talvez nem renda muita coisa no futuro, mas não deixa de ser inusitado e até divertido, de uma certa forma. ‘My Oh My’ e ‘Calm It Down’ carregam uma levada gostosa e trazem um pouco as influências das próprias melodias e dos arranjos elaborados das músicas de Sufjan. ‘I Won’t Be Afraid’ revela um pouco de melancolia, mas não deixa de funcionar dentro do padrão do disco. A descontraída ‘Lion’s Share’ se comportaria muito bem numa pista de dança e ‘Alcohol’ poderia se encaixar facilmente como uma espécie de comedy hip-hop, com uma batida eficaz e a voz de Serengeti dando a tônica da letra divertida.

Para saber mais sobre os trabalhos dos músicos envolvidos (fora do Sisyphus)
Sufjan Stevens
Son Lux
Serengeti

Facebook do projeto

Escute a música de abertura ‘Calm It Down’ (com a letra)

2 pensamentos sobre “SAIU DO FORNO: Sisyphus – Sisyphus (2014)

  1. Mighton, ‘Lion’s Share’ e ‘Alcohol’ são exatamente as mais acessíveis, aquelas canções que você pode jogar numa festa e depois o cara vai te perguntar: ‘mas aonde você conseguiu isso?’ (risos). E o vídeo de ‘Alcohol’ foi feito por um internauta, mas concordo com você, achei que sintonizou com a batida da música…Muito obrigado pelo comentário. Retorne sempre.

    Curtir

  2. Resenha bastante acurada. Escutei as faixas citadas e pude perceber a variação congruente do álbum.
    Das faixas citadas, a que menos gostei foi Calm It Down e as que mais gostei foi Lion’s Share e Alcohol. Achei um vídeo desta última feito com várias fotos passando rapido e sucessivamente, talvez por isso gostei mais, além de que ela é musicalmente bastante forte no final das contas achei que ficou legal a combinação de imagens com a tensão da fala rápida na máquina musicada.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s