7 músicas para entender o Britpop

Anterior:
+ 7 Jogos Altamente Recomendados Para o Playstation 2

Não há muito o que dizer sobre o Britpop agora. Sei que alguns abominam o movimento, outros acham de extrema importância para o que veio na música posteriormente. Eu me encaixo na segunda opção. Seleciono aqui 7 músicas que me encantam até hoje e que considero essenciais para entender o Britpop. Claro que faltaram muitas bandas, poderia fazer aí umas 50 canções, entretanto tentei ser variado com a seleção. Na lista também não considerei alguns nomes como Manic Street Preachers e Stone Roses (que alguns ficam na dúvida se pertencem ao movimento ou não). E não é por ordem de preferência. Fica também a deixa para o leitor publicar sua lista à vontade.

01 – BLURThe Universal
O quarteto já vinha com mudanças desde ‘Parklife’ (1994), fato notório. Mas foi com ‘The Great Escape’ (1995) que aconteceu algo que sempre me chama a atenção: músicas ganharam arranjos, a produção está esmerada, a banda amadureceu e fez grandes canções aqui. ‘The Universal’ é uma delas.

02 – BOO RADLEYSWake Up Boo!
Outra banda nem tanto considerada durante a passagem do Britpop, entretanto que merece ser conferida. Pelo menos esse disco. E ‘Wake Up Boo!’ é a música para acordar todo mundo e deixar a felicidade estampada no rosto dos mais turrões. Rock enérgico com direito a sopros e a uma festa sonora inesquecível.

03 – GENEOlympian
O Gene nunca foi muito bem lembrado no cenário do Britpop. Pior do que isso, foi considerado por alguns como uma cópia fraca do The Smiths. Mas engana-se quem nunca deu uma chance à banda. Letras que tratam de relacionamentos, um denso instrumental com direito a boas guitarras dedilhadas e a voz segura de Martin Rossiter.

04 – JACKOf Lights
Esse sexteto originário de Gales não fez tanto sucesso, entretanto, o disco ‘Pionner Soundtracks’ (1996) é fácil de indicar e merece ser conferido. Muito do Jack me remete a Scott Walker e Tindersticks, e essa canção, é algo que lembra uma viagem sonora. A música extensa, com letra quilométrica e uma história toda para ser contada (e o instrumental vai crescendo gradualmente).

05 – OASISLive Forever
Ok, os irmãos Gallagher foram polêmicos. O Oasis despencou a partir do terceiro disco. O primeiro, ‘Definitely Maybe’ (1994), é talvez, o disco mais rock desse britpop. Desde a capa bem criativa até a energia que o disco passa, tudo aqui deixava o Oasis como a banda boa (que não soube aproveitar isso).Esse disco é cheio de petardos, ‘Live Forever’ é uma delas. E esqueçam a briguinha deles com os conterrâneos do Blur.

06 – PULPThis Is Hardcore
Se escolher um álbum preferido do grupo liderado por Jarvis Cocker já é difícil, imagina uma canção? Mas ‘This Is Hardcore’ (1997) merece atenção pelo jeito magnífico do Pulp compor e por pertencer a um disco que é injustiçado, mas que não deixa de ser perfeito como ‘Different Class’ (1995) foi. Uma canção e um vídeo que fazem jus ao bom cinema. A banda num de seus melhores momentos e no auge de sua maturidade.

07 – SUEDEAnimal Nitrate
Suede é aquela banda que se não teve toda a discografia perfeita, pelo menos deixou grandes canções para os ouvintes. Uma coisa é certa: nunca vamos nos esquecer da performance e da competência crooner de Brett Anderson, e mais ainda, das guitarras de Bernard Butler. ‘Animal Nitrate’ é uma canção que resume bem o estilo e a energia da banda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s