GUIA DAS SÉRIES: Penny Dreadful

Anteriores:
+ The Blacklist
+ True Detective

Emissora: Showtime. Exibida no Brasil pela HBO
Temporadas: 1 (rumores da segunda temporada, mas sem data confirmada ainda)
Quantidade de episódios: 8
Duração dos episódios: entre 45 a 50 minutos
Criada por: John Logan e Sam Mendes
Temas: suspense, terror, literatura, aspectos góticos, Século XIX

Penny Dreadful era uma publicação literária barata de terror no Século XIX. No auge da industrialização na Inglaterra, eram impressões que custavam um centavo, recheadas de histórias de terror simples e sangrentas. Com esse pensamento, foi escrita a série de Logan e Mendes. O gênero terror parece estar em alta neste formato, contudo, são poucas as opções de qualidade para se acompanhar. Podemos dizer que ‘Penny Dreadful’, se não é espetacular como um todo, é ao menos interessante e nos deixa curiosos para outra temporada.

Dois fatos me chamaram a atenção na série. O elenco contratado e as várias referências literárias presentes. A primeira questão vem pelo fato do elenco ser composto por Eva Green, Timothy Dalton, Rory Kinnear e Josh Hartnett (artistas que eu julgava estarem fora da mídia ou que eu não via atuando há muito tempo,). Em meio a esses veteranos, outros atores que parecem promissores como Harry Treadway (no papel de Dr. Victor Frankestein). Lembrando a criação de Mary Shelley, é que vem outro trunfo do seriado. Durante os episódios, são comuns nomes ligados à Literatura tais como Dorian Gray, Van Helsing e Frankenstein. Seres sobrenaturais como vampiros e lobisomens também devem fazer uma passagem.

A narrativa gira em torno do personagem Sir Malcolm Murray (Timothy Dalton) que entra numa jornada ao sobrenatural em busca de sua filha, Mina Harker (Olivia Llewellyn). O explorador contará com a ajuda de Vanessa Ives (Eva Green) e de Ethan Chandler (Josh Hartnett), um atirador com um passado um tanto quanto enigmático. Ao longo dos episódios, ouros personagens aparecem na trama, podendo desenvolver histórias paralelas juntas às de Malcolm, criando assim alternativas para a segunda temporada. Sendo que algumas questões ficam em aberto, por exemplo, quem está matando pessoas nas ruas escuras de Londres? Um fato que ocorre junto com a busca por Mina.

A série ainda conta com um belo cenário, bem inspirado numa Londres do Século XIX. Por vezes temos aquele clima sombrio/enevoado que carrega bastante o mistério da narrativa. Lugares como porto, teatros, salões da alta sociedade se fazem presente e demonstram um cuidado em dar ao espectador uma cidade em vias de industrialização. Uma primeira temporada aceitável, que optou por não ser longa demais, dando um desfecho para outros ganchos na segunda.

IMDB

Página na Showtime

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s