SAIU DO FORNO: North Atlantic Oscillation – The Third Day (2014)

Anteriores:
+ Sebastien Schuller – Heat Wave (2014)
+ My Autumn Empire – Visitation (2014)

Apesar de encabeçarem a lista de novas bandas no cenário do gênero pós-progressivo, importante ressaltar antes que o NAO executa uma sonoridade até difícil de classificar. Sinto-me bem assim, em cada faixa do disco, uma vontade de encontrar paralelos musicais de muita coisa do que ouvimos na vida. O ouvinte pode identificar facilmente um space rock na incisiva ‘Do Something Usual’ (uma das melhores do álbum) ou mesmo se embrenhar da mais pura psicodelia ao som de ‘A Nice Little Place’. A propósito do disco anterior, a banda continua demonstrando talento. Canções recheadas de detalhes, arranjos, violinos, sintetizadores, guitarra dedilhada (em ‘Wires’ ela ficou encantadora) e variações equilibradas entre peso e melodia. Outros destaques ficam por conta de ‘Penrose’, toda instrumental que ficou bem como uma (espécie de) divisora do disco e do petardo ‘Great Plains II’ que abre o disco de forma certeira. Ainda há brecha para uma tentativa de folk-rock em ‘When To Stop’. O grupo é escocês, de Edinburgo.

Discos anteriores do NAO
‘Grappling Hooks’ (2010)
‘Fog Electric’ (2012), confira a resenha aqui

Facebook

Site oficial

Veja o vídeo oficial de ‘August’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s