SAINDO DO FORNO: Diagrams – Chromatics (2015)

Anteriores:
+ Tv On The Radio – Seeds (2014)
+ Winterpills – Echolalia (2014)

Mal despontou 2015 e aparece o nome ‘Chromatics’ no meio musical. Claro que muitos ouvintes empolgados achavam que poderia se tratar do novo trabalho da notória e querida banda americana de Adam Miller e Ruth Radelet. Calma. Aqui o nome é usado para dar título ao segundo trabalho dos ingleses do Diagrams. A banda é liderada por Sam Genders (que já foi integrante do Tuung). Um disco que podemos dizer ser bem multifacetado e com faixas interessantes. Tem canções mais puxadas para o indie-dance (como a suingada ‘Dirty Broken Bliss’), não falta o pop-rock ganchudo (‘Desolation’), a folktrônica também se faz bem presente (‘Serpent’) e há até uma brecha para a sonoridade sessentista influenciada por Hermans Hermitts/Kinks (‘The Light And The Noise’). O álbum foi produzido por Leo Abrahms (David Byrne, Wild Beasts e Ed Harcourt). ‘Black Light’ de 2012 foi o début do Diagrams.

Site oficial

Veja o vídeo de ‘Phantom Power’

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s