SAIU DO FORNO: WILDHONEY – Sleep Through It (2015)

ANTERIORES:
+ Disappears – Irreal (2015)
+ Chandeen – Forever And Ever (2014)

O álbum de estreia de uma banda sempre é excitante, principalmente quando precedido por saborosos singles e EP’s. No caso do Wildhoney, a excitação aumenta com a audição dos vocais deliciosos de Lauren Shusterich.

Amparados na conhecida combinação guitarrística sutileza/ruídos, esse quinteto de Baltimore oferece um punhado de canções de assimilação imediata. A receita é explicada pela maneira como elas surgem: “O shoegaze é mais focado em atmosferas do que canções. Nossas canções começam a partir da guitarra acústica (violão)”.

‘Sleep Through It’ (Deranged Records) é um álbum curto: pouco mais de trinta minutos em dez canções, todas conduzidas por voz etérea e guitarras coloridas com espirais de delay e borradas por distorção fuzz teimosa, às vezes querendo soterrar o canto.

Conduzido com certa linearidade rítmica, mas aberto a momentos de aceleradas ferozes (‘Maybe You’re Crazy’ e B’oys From Out of Town’ ) ou total absorção (‘Tea Leaves’ e ‘FSA’), além da densa ‘Seventeen’, anteriormente lançada como single.

É um interessante e agradável disco de estreia, e já é bastante.

__________________________________

2 pensamentos sobre “SAIU DO FORNO: WILDHONEY – Sleep Through It (2015)

  1. Ainda é cedo pra falar, mas até o momento, na praia shoegaze/dreampop, é o mais interessante junto com o do A Place to Bury Strangers e Swervedriver.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s