GUIA DAS SÉRIES: Fear The Walking Dead

walking_dead

Anteriores:
+ Gotham
+ Penny Dreadful

Emissora: AMC
Temporadas: 1 (a segunda temporada está prevista para 2016, sem mês definido)
Episódios: 6 (cada um em torno de 42 a 60 minutos de duração)
Baseada na: HQ criada por Robert Kirkman
Produzida por: Gale Anne Hurd, David Alpert, Robert Kirkman, Greg Nicotero e Dave Erickson
Temáticas: terror, drama, zumbis, sobrevivência

Observação:
Sempre advirto antes da leitura que algum spoiler pode ser entregue aqui, apesar de tentando fugir deles um pouco.

Aqueles que desistiram da série The Walking Dead por considerarem drama demais e pouco terror, é melhor não acompanhar esse spin-off. Fear The Walking Dead é tão mais dramático quanto está sendo a série de Rick e seus amigos. Em apenas 6 episódios, o spin-off trabalha mais ainda com o humano, com a sobrevivência, o drama familiar fica mais visível, a fragilidade da vida é melhor pincelada. Os zumbis aqui ficaram desfocados e até então fáceis de controlar (com exceção do último e sensacional episódio). O tema da série é mostrar a família, a sociedade e a vida se desmoronando perante uma epidemia de difícil controle, assim como o autoritarismo e a falta de controle de pessoas que teriam por direito contribuir com nossa segurança: o exército (e até aqui ele também fica esfacelado, tão mais perdido quanto as pessoas que ele fez questão de manter presas e sem informações precisas).

Resumindo: a série é sobre o início do apocalipse zumbi. Nos primeiros episódios, a vida é mostrada em cenas rotineiras, apesar dos problemas e das angústias que as pessoas apresentam. Os personagens são simples e envolvidos em crise. Um dos principais, o professor de Literatura Travis Manawa (Cliff Curtis), precisa levar sua vida adiante e tentar seguir em frente com sua nova família (ao lado da esposa Madison). Tarefa nada fácil pois Nick (Frank Dillane), o filho de Madison, é um drogado que volta e meia vive metido em confusões. Travis é aquele homem que nunca sequer pegou numa arma, e mesmo quando for exigido, poderá contestar o uso dela. Ele seria o homem da razão, do diálogo, mas perante as circunstâncias ele deverá alterar seu modo de agir.

Com um suspense bem adicionado e gradativamente tomando espaço na tela, percebemos as primeiras pessoas sendo acometidas do surto, e até então, ninguém entendendo o que está por vir. Alguns personagens surgem, porém desaparecem num piscar de olhos como o namorado de Alicia (Alycia Debnam-Carey). Alguns espectadores poderão sentir um choque pois essa é mais uma série para não se apegar tanto a um personagem, até mesmo porque nunca existe uma certeza de quem sobrevive até o final. Tudo de uma forma sutil e sem apelar para carnificina, a série vai deixando os personagens restantes acuados e isolados (primeiro existirão os saques e o descontrole civil), isso até chegar num ápice decisivo, desolador, amargo e de tirar o fôlego. Enquanto alguns civis torciam para um pouco de segurança e controle do surto, soldados armados escondiam o que realmente estava para acontecer.

No final, personalidades se alteram, vidas são destruídas, as pessoas valorizam aquele pouco de humanidade que possuíam. Obrigadas a vagar e a sobreviver no meio do caos, o instinto aqui torna-se mais necessário. ‘Fear The Walking Dead’ pode ser para muitos apenas um rápido ‘tiragosto’ até começar a sexta temporada de The Walking Dead. Para o autor dessa resenha funcionou bem. Dosou drama, ação, suspense e terror de uma forma equilibrada além de não ter sido extensa e de ter fechado no tempo certo (isso a primeira temporada). Como diria um dos personagens da trama: ‘no meio da loucura, entregue-se à loucura.’

Informações complementares:
A série no IMDB

Site

Wikipedia

2 pensamentos sobre “GUIA DAS SÉRIES: Fear The Walking Dead

  1. Ângelo, acabou que a resenha não fugiu muito da mesma que tinha feito para The Walking Dead. Porém nem tem como fugir, pelas temáticas serem as mesmas. O importante é ressaltar que as duas séries são bem bacanas e merecem ser conferidas (The Walking Dead também voltou com uma sexta temporada cheia de surpresas).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s