SAINDO DO FORNO: Public Service Broadcasting – Every Valley (2017)

Em seu terceiro álbum o duo PSB, agora um trio, mais uma vez apresenta um conjunto de canções conceituais. No álbum anterior o tema era a corrida espacial, “Every Valley” centra na ascensão e declínio da indústria do carvão na Inglaterra, especificamente no País de Gales. Segundo J. Willgoose, a ideia veio enquanto finalizava “The Race for Scape” e quanto mais pensava a respeito mais interessado ficava. “Every Valley” marca uma guinada musical ao utilizarem instrumentos orgânicos de forma mais intensa, principalmente o trio baixo/guitarra/bateria, do que nos álbuns anteriores: “queremos fazer algo em um nível mais humano”; e também apresenta colaborações de outros artistas acrescentando vocais, juntando-se aos já famosos usos de samples de trechos de anúncios publicitários. Dentre os convidados a vocalista Tracyanne Campbell (Camera Obscura), James Dean Bradfield (Manic Street Preachers) e a atriz Lisa Jen Brown, esses dois últimos de origem galesa. Gravado em Ebbw Vale, também no País de Gales, “Every Valley” é um álbum rumos diversos e um tanto mais convencional, com direito a canções épicas, como na faixa título, guitarras distorcidas e bateria pesada quase se aproximando do post-rock (All Out) e até um pop-rock de tons mais convencionais (Turn no More) ou com elementos jazzísticos (You+Me).

:: DATA DE LANÇAMENTO: 07 de julho, pelo selo Play It Again Sam

:: FAIXAS:
01 – Every Valley
02 – The Pit
03 – People Will Always Need Coal
04 – Progress [ft. Tracyanne Campbell]
05 – Go To The Road
06 – All Out
07 – Turn No More [ft. James Dean Bradfield]
08 – They Gave Me A Lamp [ft. Haiku Salut]
09 – You + Me [ft. Lisa J€n Brown]
10 – Mother Of The Village
11 – Take Me Home

Um pensamento sobre “SAINDO DO FORNO: Public Service Broadcasting – Every Valley (2017)

  1. Bandas como o Public Service Broadcasting fazem parte daquele rol de bandas que seguem lançando discos bons/interessantes, mas que ainda não receberam todo um reconhecimento maior. Eu mesmo sou um que tenho débito com ela, até hoje. E olha que a sua resenha anterior havia me chamado bastante a atenção (essa igualmente). Vou dar uma conferida sim.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s